Existem dois tipos da doença, o tipo 1 e o 2. O sistema imunológico de algumas pessoas ataca equivocadamente as poucas células betas geradas pelo pâncreas e o alto nível de glicose permanece no sangue. Esse é o processo que caracteriza o Tipo 1 de diabetes, que concentra entre 5 e 10% do total de pessoas com a doença. Essa pode ser tratada com a inserção de insulina.

Já, o diabetes do tipo 2 aparece quando o organismo não consegue usar adequadamente a insulina que produz; ou não produz insulina suficiente para controlar a taxa de glicemia.

Fonte: Sociedade Brasileira de Diabetes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *